No dia 1º de janeiro de 2014 começou a valer uma lei que aumenta a segurança de todos que convivem com o trânsito. A partir daquela data, todos os carros novos feitos no Brasil deveriam sair com freio ABS e airbag de fábrica. A medida, para lá de necessária, causou alguns rumores, principalmente pelo fato de que o preço dos carros, inevitavelmente, iria subia, mas depois foi aceita.

Tão aceita que, há pouco mais de um mês, a Camex (Câmara de Comércio Exterior) resolveu reduzir os impostos de importação para algumas autopeças que não tem nenhuma produção nacional equivalente. A ideia, da nova shutterstock_29440771 medida, é gerar mais competitividade por meio da redução para  compra de produtos de informática e telecomunicação e, é claro,  das peças e tecnologias necessárias para desenvolver os sistemas  de air bag e freios ABS.

Além desses itens, para produção do sistema de frenagem e air  bag, os impostos também foram reduzidos para autopeças  destinadas a atender as exigências de reduzir a poluição  atmosférica.

 

De um jeito ou de outro, a boa notícia é que a sustentabilidade e a segurança estão sendo incentivados.

 

 

 

Comentários