Derrapagens e travamentos de rodas em frenagens de emergência são as principais causas de acidentes em estradas e trechos urbanos. Isso acontece porque quando o motorista tenta evitar uma colisão com uma freada brusca, ocorre o travamento das rodas – especialmente das dianteiras – e ele perde a dirigibilidade do carro.

Mas com o sistema de freio ABS, o carro precisa de 20% menos espaço para frear até parar, e as rodas não travam graças ao sensor de movimento presente em cada roda. Além disso, o sistema permite que em caso de pane total do sistema elétrico, as funções do freio convencional sejam mantidas inalteradas. Entenda melhor no infográfico que preparamos para você:
16th 5-2 THIS

Compartilhe

Comentários