Chevrolet Bel Air (1950)

Famoso pelo acabamento impecável, o modelo o foi primeiramente produzido na década de 1950, mais precisamente no ano de 1953, e teve sua produção alongada até 1975. Os Chevrolets de luxo passaram a ser chamados de Bel Air após o surgimento desse carro.

O rei de Le Mans (1960)

Esse modelo foi produzido para destruir o legado da Ferrari, que tinha se recusado a fazer parte do grupo de Henry Ford II na década de 1960. O Ford GT40 correu as 24 horas de Le Mans e foi vitorioso 4 vezes. Seu primeiro e original modelo é avaliado em nada mais nada menos do que 8 milhões de dólares.

O exclusivo SSK

A sigla SSK significa Super Sport Kurz. Foram menos de 40 carros produzidos, o que o tornou extremamente exclusivo, até porque era, ao mesmo tempo, um esportivo e um luxuoso. O Mercedes Benz SSK foi o segundo carro mais caro vendido na história – 7,4 milhões de dólares, oriundos de um leilão em 1929.

Arrancada potente

Uma interpretação da Ferrari Scanglietti com o mesmo motor do 250 Tour de France. Esse modelo se caracterizava pela arrancada forte. Com pneus Pirelli Cinturato, o Ferrari 250 GT era extremamente valorizado. Foi vendido na Califórnia em 2007 por 4,9 milhões de dólares.

Comentários