A ZF Friedrichshafenn AG, uma das três maiores indústrias de autopeças do mundo aproveitou a última edição da Hannover Trade Fair, que aconteceu recentemente, para apresentar ao público o seu novo investimento em tecnologia e inovação. Trata-se da “Nuvem ZF”, ou “ZF Cloud”, que faz parte do desenvolvimento de operações da empresa rumo à condução autônoma. A “Nuvem ZF” tem o objetivo de coletar e avaliar dados, interconectando-os para gerar diferentes funções em seus campos de atuação.

Os primeiros resultados são claramente visíveis a partir de parques eólicos e teleféricos que já receberam a solução. “Graças a nossa plataforma telemática Openmatics, a ZF já ganhou muitos anos de experiência em gerenciar uma grande quantidade de dados. Com a ZF Cloud, agora damos aos usuários a oportunidade de incluírem informações externas, armazená-las em uma área protegida e avaliá-las com ferramentas analíticas poderosas em tempo real”, explica Dr. Klaus Geißdörfer, Head da Divisão de Tecnologia Industrial da ZF.

As operações autônomas são, atualmente, o foco da engenharia industrial. Seu sistema inteligente é responsável por originar processos mais rápidos e inteligentes para diferentes empresas. Visando tal importância e possíveis avanços, a ZF dedica hoje grande parte dos seus esforços ao aprimoramento da tecnologia. “Nosso diversificado portfólio de produtos nos permite transferir soluções do setor automotivo para aplicações industriais,” afirma Wilhelm Rehm, membro do Board responsável pela Divisão de Tecnologia Industrial da ZF.

Durante a feira também foram exibidos outros serviços que recebem a inteligência ZF Cloud. Entre estes estão o Car eWallet, que possibilita aos próprios carros pagarem automaticamente pedágios e estacionamentos. Nesta solução, o controle aos acessos dos dados do ZF Cloud é realizado pela tecnologia blockchain.

Comentários