A falta de atenção nas estradas acaba custando caro. Um motorista distraído pode acarretar em consequências muito graves ao trânsito. Segunda maior causa de acidente depois do excesso de velocidade, esse tipo de problema será combatido através do Vision Zero Vehicle, da ZF, um veículo-conceito equipado com sistemas mecânicos inteligentes.

O veículo irá reconhecer quando o motorista estiver distraído com o Drive Distraction Assist, assumindo o controle do carro se for necessário. Caso alguém dirija na contramão, o Wrong-way Inhibit entra em ação, evitando que a pessoa continue trafegando pela via errada e cause algum acidente.

Essas inovações de segurança são passos decisivos na transição da condução assistida para a autônoma. Além de mostrar o caminho para a mobilidade do futuro sem acidentes, com seu acionamento elétrico de eixo altamente integrado, o Vision Zero Vehicle roda sem emissões.

“Com o nosso Vision Zero Vehicle totalmente elétrico e seus sistemas de segurança inovadores fizemos grande progresso para alcançar essa meta. Sobretudo na fase de transição entre a condução assistida e autônoma, precisamos de avançados sistemas de segurança integrados para aumentar ainda mais a proteção dos ocupantes de automóveis que transitam com e sem motorista”, afirma Stefan Sommer, CEO da ZF Friedrichshafen AG. 

Previous Image
Next Image

 

O sistema alerta o condutor com indicações visuais no display central, sinais acústicos e vibrações no cinto de segurança.

O Vision Zero Vehicle usa uma tecnologia de câmera interna do tipo Time of Flight (tempo de voo). Ela faz o monitoramento tridimensional confiável da posição da cabeça do motorista, tanto de dia quanto de noite, mesmo com pouca luminosidade. Caso detecte uma anormalidade, em seu primeiro nível de atuação, o sistema alerta o condutor com indicações visuais no display central, sinais acústicos e vibrações no cinto de segurança. O programa também assume ativamente o comando e mantém o veículo na faixa de rodagem, mesmo nas curvas.

Se o motorista continuar não reagindo, o sistema reduz continuamente o torque de acionamento. Em último caso, se a desatenção persistir, ele não permite a aceleração e para o carro em local seguro.

Caso o problema seja andar na contramão, o Vision Zero Vehicle reconhece o caminho e o sentido correto de condução das seguintes maneiras: por meio de mapas de alta precisão permanentemente atualizados em nuvem e pelo sistema de câmera frontal que detecta e interpreta exatamente as placas de sinalização e as marcações da pista.

O protótipo da ZF usa tração dinâmica que fica por conta de um sistema de acionamento elétrico do eixo com 150 kW de potência. A unidade de tração compacta integra um motor elétrico, uma transmissão de uma velocidade de dois estágios, um diferencial e uma unidade eletrônica.

Comentários