Além de serem responsáveis por garantir o conforto entre as viagens, eles são um grande ponto para definir a estética interior do automóvel. Diferentes tecidos e cores formam o leque de produtos presentes no mercado. A questão muitas vezes é apenas saber qual a melhor opção para determinado estofado. Descubra quais os fatos e boatos que envolvem essa peça.

# Boatos

1)  O encosto de cabeça pode ser usado para quebrar o vidro em situações de emergência

Boato. Apesar de muitos afirmarem que são particularmente fáceis de tirar, diferentes vídeos já comprovaram, na prática, que a retirada do encosto pode ser mais complicada do que parece. A praticidade na remoção varia de modelo para modelo, sendo que em alguns casos o uso de ferramentas é necessário.

2) Preservar a costura dos bancos é um cuidado desnecessário.

Boato. A costura dos estofados é semelhante a de nossas roupas. Ou seja, conforme o tecido sofre com os impactos de situações cotidianas, as costuras perdem sua resistência. Por isso é importante se atentar ao estado do produto, para não prejudicar a qualidade dos bancos.

3) Bancos de tecido aquecem mais rápido.

Boato. Os bancos de tecido, diferentemente dos de couro, são mais estáveis à temperatura. Por ter umidade, o couro é extremamente suscetível a temperatura ambiente. Ou seja, dependendo da temperatura o material pode difundi-la para os assentos do automóvel.

# Fatos

1) É possível tirar odores do banco com carvão.

Fato. Graças a sua superfície, o carvão é capaz de adsorver os gases responsáveis pelo mau odor. A adsorção, diferente da absorção, apenas prende as substâncias odoríferas, oferecendo de forma natural um aroma agradável ao ambiente.

2) Substituir o tecido dos assentos não interfere na garantia do automóvel.

Fato. Trocar o estofamento do carro além de ser possível é extremamente recomendável. Muitos materiais, como o couro sintético, com o tempo se desgastam. Através da troca você consegue agregar um valor estético e comercial ao automóvel, aumentando o seu preço em negociações de revenda.

3) Bancos de couro não aderem odores

Fato.  Isso ocorre graças à impermeabilidade do couro. Com a higienização correta, o material pode se manter resistente ao tempo, não aderindo odores desagradáveis e desgastes na superfície.

Comentários