As vendas online têm dominado muitos setores do varejo. O de peças, como já dito em matéria de maio deste ano, vem crescendo e mostra que pode ser uma alternativa para os consumidores. Porém, muito além da venda, a preocupação do vendedor deve ser também com o transporte e a logística da venda online.

Entregas fora do prazo ou que cheguem ao destinatário errado podem dar uma dor de cabeça que nem cliente e nem vendedor desejam. Sendo assim, pensamos em algumas dicas que podem ajudá-lo a evitar tais inconveniências.

A começar pela escolha da transportadora de confiança. Na hora de enviar algum produto, procure uma que seja viável financeiramente mas que também tenha certo respeito no mercado de entregas.

ESCOLHA UMA TRANSPORTADORA DE CONFIANÇA
um entregador com umas caixas, para demonstrar a logística da venda online

A embalagem do produto também deve ser escolhida da maneira mais analítica possível. Por isso, atenção ao tamanho, peso e fragilidade da peça, pois esses fatores definem o material ideal para o invólucro. Outro fator que deve ser levado em consideração é o capricho na identidade visual da sua loja. Além de prática, a embalagem deve ser bonita, tudo para fazer com que o cliente retorne a você.

ATENÇÃO AO TAMANHO, PESO E FRAGILIDADE DA PEÇA

Por fim, a identificação do destinatário deve estar facilmente visível à transportadora, a fim de evitar confusões. A utilização de etiquetas feitas a mão deve ser evitada, e quanto maior as letras, melhor. O endereço precisa ser colocado do modo mais completo possível, pois não são incomuns ruas com nomes iguais até numa mesma cidade.

ALÉM DE PRÁTICA, A EMBALAGEM DEVE SER BONITA

Logo, atenção à logística na hora da venda online. Se bem feita, o cliente não hesitará em voltar a comprar com você.

Comentários