Respeitar o consumidor é dever de todo balconista, não é verdade? Mesmo assim, algumas situações se repetem dia após dia, e você precisar estar antenado para não deixar o cliente insatisfeito. Por isso, a Balconista S/A vai listar aqui 5 direitos básicos do consumidor. Não vale dar mancada hein…

PROTEÇÃO 

Proteção, saúde e segurança contra os riscos provocados por práticas no fornecimento de produtos e serviços considerados perigosos ou nocivos. Esse pode ser considerado como um dos direitos do consumidor mais importantes, pois balconista nenhum pode colocar a saúde do cliente (e a própria) em perigo. Por isso, o incentivo ao uso de equipamentos adequados é importante, por exemplo.

INFORMAÇÃO 

A educação e divulgação sobre o consumo adequado dos produtos e serviços, asseguradas a liberdade de escolha e a igualdade nas contratações. Informação é vital para uma escolha consciente do consumidor, e o vendedor deve apresentar todos os dados referentes ao produtor de maneira clara e solícita.

CLAREZA 

A informação adequada e clara sobre os diferentes produtos e serviços, com especificação correta de quantidade, características, composição, qualidade e preço, bem como sobre os riscos que apresentem. Bem parecido com o item acima, ele é vital para evitar coisas como as letras miúdas de notas fiscais e rótulos.

NÃO FAZER PUBLICIDADE ENGANOSA 

Proteção contra a publicidade enganosa e abusiva, métodos comerciais coercitivos ou desleais, bem como contra práticas e cláusulas abusivas ou impostas no fornecimento de produtos e serviços. Esse, apesar de parecer óbvio, é bastante comum. E vale lembrar que exagerar a eficácia de algum produto também se enquadra aqui.

REPARAÇÃO DE DANOS 

A efetiva prevenção e reparação de danos patrimoniais e morais, individuais, coletivos e difusos. Esse deve ser colocado em prática caso ocorra qualquer desrespeito aos itens anteriores. Mas o balconista legal não vai precisar fazer isso, não é mesmo?

Compartilhe

Comentários