Escritora, palestrante, consultora empresarial e coach de negócios, Marcia Tiergarten se nomeia como uma Mindset Trainer. Há 20 anos, a profissional mergulhou no mundo dos negócios e percebeu que ali seria capaz de desenvolver sua principal ideia: a de despertar em diferentes pessoas uma mentalidade à prova do futuro.

Hoje, por infoprodutos, palestras e workshops, ela ajuda o público a dar vazão ao seu potencial criativo. “Minha proposta se baseia no autoconhecimento profissional. Esse é o conhecimento que eleva, efetivamente, a consciência e proporciona verdadeira autonomia”.

Acompanhe a nossa entrevista com ela.

Todo empreendedor é um líder?

Se estamos falando de liderança como uma função hierárquica a resposta é não. Mas se estamos falando de liderança no sentido de seguir em frente em meio aos diversos desafios que um empreendimento requer, então eu diria que sim.

É importante entender que ser dono é diferente de ser diretor. Não necessariamente o “dono” consegue dirigir o seu negócio. Esse tipo de empreendedor, que é maioria, acaba gerando uma série de problemas, e alguns acabam levando o seu negócio à falência pelo alto custo de uma má gestão.

Ser líder é um dom ou é algo que desenvolvemos?

Essa é uma velha discussão que, na minha opinião, não leva a lugar algum. Pouco importa se o saber liderar é um dom ou é desenvolvido. O que importa é saber quais são as verdadeiras competências que um líder precisa ter.

Liderar tem a ver com assumir a função de encabeçar equipes e protegê-las dos reveses naturais em qualquer negócio, abrir caminhos para uma passagem segura e eficaz, assumir todos os riscos de suas decisões e ter uma atitude de gratidão para com todos os que o ajudam.

Como se destacar num mercado tão competitivo?

Profissionais criativos não competem. Eles criam. Já os cuja inércia mental não permite criar nada novo, estão sempre observando o que os outros estão fazendo para não ficarem pra trás. Eles sabem que se não agirem assim ficarão para trás.

Sempre digo isso: quer se destacar? É muito simples. Faça o que ninguém está fazendo! Faça tudo aquilo que ninguém quer fazer.

É errado copiarmos estratégias de empreendedores de sucesso? Qual cuidado devemos ter nessas ocasiões?

Como eu disse antes, profissionais ou empreendedores que têm a necessidade de copiar estão sofrendo de inércia mental.

Penso que copiar é muito diferente de se ter uma referência. Referências são cruciais para o nosso crescimento porque impulsionam em nós aqueles mecanismos mais sutis que representam as reais necessidades de evolução.

Aqueles que realmente são empreendedores são extremamente criativos e exigentes consigo mesmos. Eles têm ideais e usam referências que estão acima deles movidos pela necessidade de crescimento sabendo que precisam, e querem, colocar algo de si mesmos ali.

Qual dica você daria para alguém que tem medo de correr atrás dos seus objetivos empresariais?

Reconfigure o seu mindset para não ser um “maria-vai-com-as-outras”. Observe o padrão de pensamentos e comportamentos da maioria. Delete, mude ou hackeie esses padrões da sua programação mental. Não sabe como fazer? Procure aprender com que sabe. Não desista de você mesmo se tornando, praticamente, um autômato que age movido por impulsos.

Qual o maior erro que podemos cometer durante a busca pelo sucesso?

Querer ter sucesso. Esse é o maior erro. Quer ter sucesso? Pare de correr atrás dele e passe os seus dias servindo todas as pessoas que, de uma forma ou de outra, chegarão até você. O sucesso odeia aqueles que correm atrás dele como se ele fosse uma mercadoria a ser vendida ou comprada.

Tenha em mente que o seu objetivo de vida é viver. Não busque nada em troca a não ser a satisfação de dever cumprido.

Comentários