Sua primeira apresentação foi no Salão do Automóvel de Frankfurt, na Alemanha, em 1987. Ao oferecer a possibilidade de proteger passageiros e condutores, o airbag de carro conquistou a atenção de diferentes montadoras. Em 2009, por meio da Lei nº 11.910, a peça tornou-se, teoricamente, item obrigatório em veículos nacionais e importados. No entanto, o prazo para instalá-los se estendeu até 2014.

Composto, basicamente, por uma bolsa de ar que ameniza o impacto em colisões, desde o seu lançamento, estima-se que ele tenha salvado aproximadamente 10.700 vidas só nos Estados Unidos. Entenda a sua evolução e saiba como ele ainda pode agregar ao setor automotivo.

Airbag frontal
Previous Image
Next Image

info heading

info content

As primeiras discussões sobre o assunto ocorreram na década de 1950. No entanto, o primeiro airbag surgiu apenas em 1980, em um modelo Classe S, da Mercedes-Benz. A tecnologia, até então inovadora para a época, protegia somente o motorista, e era acionada pelo volante do veículo. Em 1990, ela é enfim desenvolvida para a proteção de passageiros e, em 1998, recebe uma versão adaptativa, capaz de disparar em dois estágios.

Airbag lateral e central traseiro

airbag banco traseiroEm 1997, a GM lança o primeiro airbag lateral, desenvolvido para aprimorar a segurança de motoristas e passageiros. Essa necessidade de proteger todos os presentes em um carro se tornou ainda mais primordial nos anos seguintes. Mas, somente em 2009, foi lançado o primeiro airbag central traseiro, capaz de proteger o passageiro sentado no meio do banco de trás.

O que vem por aí?

A cada ano, bons resultados estimulam cientistas e especialistas a criarem novos modelos. Um desses é o airbag externo, desenvolvido por cientistas da Universidade de Cranfield, na Inglaterra. Como uma almofada no para-brisa, ele protege pedestres de uma colisão. Outra promessa para os próximos anos são os airbags para pés e joelhos. Conectados à dispositivos com tecnologia de radar capazes de antecipar um acidente, esses dispositivos também poderão personalizar o acionamento dos airbags de acordo com a idade, sexo, tamanho e peso de cada passageiro.

Compartilhe

Comentários