Quando o assunto é trabalho em equipe, liderança é tudo. É o supervisor que garantirá que toda a equipe contratada dará o seu máximo para alcançar as metas em vendas. No entanto, ser um supervisor eficiente nem sempre é fácil. Afinal, gerir a carreira de pessoas e apresentar resultados é uma tarefa e tanto.

Em tese, o processo para se estabelecer como um supervisor exemplar é divido em três etapas: ganhar credibilidade, aproveitar ao máximo o potencial de sua equipe e atender demandas. Para desvendá-las, separamos as ideias por trás de cada uma. Confira.

mulher escritório camisa azul

Etapa 1- Ganhe credibilidade

É nesse momento que você construirá a sua imagem como líder e mostrará aos outros que é capaz de sê-lo. Então comece acreditando em si mesmo. Lembre-se que se você foi contratado para desempenhar essa função é porque é capaz de fazê-la. Não pegue pesado consigo mesmo e aceite que cometerá alguns erros. Mas comprometa-se a entregar todos os dias o seu melhor.

Outro fator importante nessa etapa é liderar pelo exemplo. Por isso, faça questão de construir uma imagem baseada no bom exemplo. Se você for esforçado, ético e comprometido, os outros funcionários estarão mais propensos a agir da mesma forma. Controle suas emoções e trate todos os funcionários de forma justa.

Um ponto a se ressaltar também é a necessidade de se estar aberto a mudanças. Na gestão, é preciso se adaptar às diferentes necessidades de cada funcionário. Parte deles pode se dar melhor com uma gestão mais direta. Outros se beneficiarão com um pouco mais de liberdade. Reconhecer isso e se adaptar são sua responsabilidade.

Etapa 2- Aproveite o máximo de sua equipe

Com a confiança ganha, é o momento de colocar todos para trabalhar. Ao longo da jornada de trabalho, garanta que a comunicação flua com clareza. A boa comunicação envolve saber ouvir além de falar. Então dê atenção aos funcionários. Ao se sentirem respeitados, se tornarão mais dispostos a seguir suas orientações.

Como supervisor, também é sua tarefa delegar funções. Confie na capacidade dos funcionários para trabalharem por conta própria. E quando entregarem um bom trabalho, reconheça! Afinal, é importante saberem o quanto o esforço deles é valorizado.

A partir dessas experiências, explore o potencial de cada um. Fique atento aos talentos e utilize esses pontos fortes para o benefício dos projetos ou da empresa.

Etapa 3- Atenda as demandas

Com o crescimento, surgem mais oportunidades de trabalho. Por isso, é importante se organizar para dar conta de tudo.

Não procrastine. A procrastinação já é ruim quando é feita pelos funcionários, mas é ainda pior quando praticada pelos gestores. Já em situações de crise, em vez de perder tempo reclamando, busque soluções. Lembre-se de que as soluções a longo prazo são sempre melhores do que as de curto prazo.

E por último, desafie-se! Mas também se lembre, um líder deve ter uma boa compreensão das metas e objetivos do departamento. Se sua equipe afirmar que as metas são irreais, não tenha medo de alterá-las. Mas se acreditar em tal possibilidade, ofereça todos os recursos para que eles a alcancem.

Compartilhe

Comentários