A Ferrari é uma das mais tradicionais marcas de esportivos do mundo. E a italiana planeja continuar como verdadeira majestade do universo automotivo. Isso porque ela planeja 15 novos modelos até 2022, inclusive híbridos.

O plano visa, principalmente, aumentar a gama de consumidores da marca, bem como o valor recebido por cada carro.

A nova Ferrari

O novo CEO da marca, Louis Camilleri, apresentou uma meta de lucro até 2022: cerca de US$ 2.1 bilhões. Esse valor deve ser constituído, basicamente, pela venda dos novos modelos da Ferrari, que pretende ter até lá 60% do seu catálogo formado por carros com motores híbridos.

Esses novos modelos terão preços maiores, de acordo com o diretor de vendas da Ferrari, Enrico Galliera. Isso devido à tecnologia empregada e o objetivo de lucros maiores.

ferrari vermelha moderna nova
O Purosangue

A Ferrari também já planeja um modelo SUV. Denominado “Purosangue”, o carro deve demorar 5 anos para chegar ao mercado de SUV’s de luxo, que já é dominado por marcas como Lamborghini e Rolls-Royce.

Mesmo encontrando resistência internamente, a intenção da Ferrari é que o SUV seja imbatível no mercado e deixe todos os concorrentes comendo poeira.

“Eu detesto ouvir a palavra SUV na mesma frase que Ferrari (…) e como um Ferrarista obstinado, eu estava um pouco cético quando o conceito foi anunciado pela primeira vez no conselho. Mas tendo em vista o design maravilhoso e as características extraordinárias, sou um grande entusiasta”, disse Camilleri.

Dedicação aos “Ferraristas” tradicionais

A marca também não quer deixar seus fãs mais puristas na mão, e apresentou um Monza carregado de fibras de carbono e equipado com um motor V-12. Ele terá versões de um e dois lugares.

A variedade desse novo catálogo deve agradar todos os públicos. E se você é um fã da marca, prepare-se: a Ferrari vai continuar inovando.

Compartilhe

Comentários