No último mês de março a notícia do naufrágio de um navio italiano de transporte, o Grande América, chamou a atenção da mídia. O motivo? Sua valiosa carga que terminou no fundo do mar: quase 2 mil carros zero-quilômetros das marcas Porsche, Audi, Volvo, Mercedes-Benz e BMW. Esses automóveis tinham como destino final o porto de Santos, no Brasil.

Entre os náufragos – apenas carros já que os 27 tripulantes foram resgatados – existiam modelos exclusivos. Quatro unidades do Porsche GT2 RS estão a cerca de quatro mil metros de profundidade, em águas internacionais entre França, Espanha e Portugal. O carro da montadora alemã tem um preço médio acima de R$ 2 milhões. 

Previous Image
Next Image

info heading

info content

O grande problema é que o GT2 RS está esgotado. A fábrica de Zuffenhausen, ao norte de Stuttgart, na Alemanha, já tinha parado a produção do modelo desde fevereiro. A unidade já estava inteiramente voltada a produção da nova geração do 911. 

Porém, os representantes da Porsche no Brasil conseguiram interceder junto à fábrica da Alemanha, e os compradores dos GT2 RS terão seus modelos entregues. Os quatro veículos devem ser entregues no mês de junho aos seus donos.

O navio que afundou não teve apenas carros submersos. O naufrágio também transportava produtos perigosos, como ácido clorídrico, ácido sulfúrico e óleo. Esses elementos acabaram causando uma grande poluição nas águas.

Compartilhe

Comentários