A empresa especialista em consultoria empresarial Boston Consulting prevê que em 10 anos os carros voadores que farão táxi aéreo serão tão comuns quanto os táxis normais e dentro de 4 anos os veículos aéreos já serão uma realidade em diversas capitais.

A Bosch, empresa de engenharia e tecnologia, está trabalhando em sensores de última geração para garantir uma viagem segura e confortável para todos os passageiros. Ao invés de mapear os espaços aéreos, algo que seria bem trabalhoso e caro, os sensores servirão como um copiloto e guia, eles serão usados para guiar os carros de maneira autônoma, irão medir distância, controle de aceleração e localização dos veículos.

modelos de carros voadores apresentados em Geneva

Modelo de carro voador apresentado na Geneva Motor Show de 2018

Os primeiros veículos voadores serão testados já em 2020 e as operações comerciais começarão em 2023, previsto para cidades como Dubai, Los Angeles, Dallas e Singapura. Inicialmente os carros voadores possuirão pilotos, mas dentro de alguns anos os veículos serão autônomos.

São estimados US$1.5 trilhão de lucro para a área de táxi aéreo até 2040 e até 2050 haverá mais de 100 mil veículos rodando o mundo todo.

Comentários