O evento representou a consagração de um trabalho que já dura duas décadas. A feira de tecnologia automotiva, considerada a maior da região nordeste, aconteceu entre os dias 11 e 14 de setembro, na cidade de Olinda, em Pernambuco, e reuniu os principais nomes do setor. 

Entre muitos estandes que apresentaram novidades e lançamentos, na Autonor estava o projeto Balconista S/A, que reafirmou seu compromisso com a valorização da profissão dos vendedores de autopeças. Por isso, toda a programação foi voltada para o principal produto de um balconista: o conhecimento.

Foram 16 palestras organizadas pelos patrocinadores do projeto. Ao todo, foram mais de 800 participantes, entre balconistas, motoristas e reparadores, que entraram em contato com a revista do projeto e, sobretudo, receberam seu certificado.

Para Valter da Silva, motorista de caminhão, ter o certificado em mãos é importante para constatar a participação da palestra e o conhecimento. “Só os fornecedores podem nos entregar essas informações. Quando os produtos são lançados, atendem às expectativas, só precisamos conhecer mais sobre eles”, diz.

E foi justamente esse o objetivo da programação do estande. Segundo Flávio Portela, gerente regional da SK, o objetivo é atualizar e preparar o profissional. “Toda informação pode agregar e pode ser usada como argumento de venda para o balconista”, explica Flávio. Para ele, o balconista era um profissional esquecido pelo mercado, mas agora isso mudou.

A prova dessa mudança está nas palavras do Ivan Lopes, sócio da Vicente Autopeças e capa da última edição da revista do Balconista S/A: “Foi uma grata surpresa ver a minha foto aqui hoje. Para mim foi gratificante poder contar minha história e de tudo que o setor representou e representa para mim e para minha cidade”, diz.

Comentários