O processo de criação de um novo automóvel é bastante complexo e envolve uma grande equipe. Imagine quantos designs e nomes diferentes o Chevrolet Onix já teve até chegar em sua versão final. Nos anos 80, a Volkswagen estava desenvolvendo um subcompacto para bater de frente com o Fiat Uno, nomeado de Projeto BY.

O veículo era baseado no Gol BX, a dianteira era idêntica ao modelo que já estava em produção, mas a traseira do subcompacto era reduzida e se assemelhava ao principal carro de sua concorrente.

Com soluções modernas, o automóvel seria um dos mais tecnológicos na época. A suspensão traseira compartilhava elementos do Fox, como os pontos de ancoragem, que eram mais recuados. Os bancos traseiros eram corrediços, itens que foram adotados só em 2003, também pelo Fox.

A motorização e parte mecânica eram as mesmas da família BX. O motor era um AP 1600, o mesmo do Gol, Voyage, Saveiro e Parati. O interior era, praticamente, idêntico aos outros veículos da Volkswagen.

projeto by

Apesar do carro ter tudo para fazer um enorme sucesso e chacoalhar o mercado dos subcompactos, ele não foi para frente. As soluções propostas para compensar o espaço eram caras demais para a época. Principalmente por conta do surgimento da Autolatina.

O motor de montagem longitudinal deixava o Projeto BY com uma traseira desproporcional, em relação com o resto. Por conta destes problemas, a Volkswagen não conseguiu visualizar um horizonte viável para solucionar os problemas técnicos, com base no orçamento previsto.

Felizmente, um dos protótipos ficou são e salvo no galpão da montadora desde 1987. Toda história foi divulgada pela Volks quando abriu a exposição “Garagem VW” em novembro de 2019. O acervo expõe modelos clássicos zero km ou restaurados e está localizado na fábrica Anchieta, São Bernardo do Campo – SP.

Projeto BY
Compartilhe

Comentários