O estoque é o coração de qualquer negócio. Afinal, é lá que está o dinheiro da loja. Assim, qualquer erro na gerência dos produtos resultará em prejuízo. Comprar peças que não são vendidas, ou não repor os itens que têm maior saída são erros inadmissíveis. Por isso é importante estudar e conhecer sua clientela.

Se você acha que o estoque da sua autopeça pode melhorar, algumas dicas básicas são fundamentais. Primeiro, fique atento ao espaço físico do seu estoque. A visualização dos produtos deve ser fácil. E lembre-se: cada lugar para uma peça. Peças diferentes, estantes diferentes.

Colocando o estoque em dia _blog

Não estoque itens que podem ser repostos rapidamente. Por outro lado, peças que têm maior destaque no balcão, vitrine ou prateleiras de sua loja devem sempre ter outras unidades no estoque. É um erro grave expor produtos que estão em falta.

Mas quando comprar? O SEBRAE, especialista em negócios, dá a seguinte dica: “Supondo uma venda de 10 unidades de determinada linha de artigo por dia, que tem prazo de reposição de três dias, deveremos fazer um novo pedido quando a quantidade percebida em estoque for de trinta unidades”.

Quando seu estoque estiver organizado, será possível perceber quais produtos estão parados, evitar atrasos de pedidos, suprir as necessidades de venda e, principalmente, usar melhor o capital de giro do seu negócio.

Por último, a dica de ouro é: o nível do estoque deve acompanhar a venda dos produtos. Vendas baixas, estoque vazio. Vendas altas, estoque cheio.

Boa sorte!

Compartilhe

Comentários