Isac Sales conta como é trabalhar atrás do balcão e administrar uma loja de motopeças.

Assim como destacamos o balconista de autopeças no dia do automóvel, nada mais justo que repetir a dose neste 27 de julho, Dia do Motociclista. Nossa parada é em Crato, no Ceará, onde Isac Sales comanda desde 2018 a Isac Moto Peças. Além de administrar a loja que inaugurou, ele faz questão de atender o público atrás do balcão.

O nascimento da Isac Moto Peças

A iniciativa de ter o seu negócio veio com o encerramento de outro ciclo. Isac trabalhou por três anos em uma firma do setor, que fechou por problemas de organização. Porém, “o melhor de tudo é que ficou o conhecimento, as amizades e os clientes”, afirma.

Antes de fechar as portas, o antigo dono ofereceu a loja a Isac. Inicialmente, ele até recusou a proposta, mas depois mudou de ideia.

“Eu sempre achei que era algo muito grande para mim. Nisso, foram meses. Um certo dia, um sábado, esse amigo me ligou e falou: ‘Segunda-feira eu estou fechando. Se você quiser, a oportunidade é esta'”, recorda.

Com esse empurrãozinho, nasceu a Isac Moto Peças. O balconista-proprietário lembra que ele e a esposa venderam carro e terreno para começar a nova empreitada que, na sua concepção, deu certo.

“Graças a Deus, estamos aqui até hoje, crescendo e fazendo um diferencial na nossa cidade.”

O prazer pelas vendas

De segunda a sábado, Isac chega ao local para preparar tudo, revisar planilhas e conversar com seus dez funcionários. A loja também presta serviços de mecânica, dentro dos quais ele supervisiona atividades, monta pedidos e faz contato com representantes de outras empresas, além, é claro, do balcão.

“Eu tenho mesmo o prazer de atender clientes.”

Leia também: De corrida em corrida, o caminho até melhores condições profissionais.

Isac e sua esposa

Balconista – como ser um bom vendedor?

“Postura é essencial. Você tem que estar bem consigo, porque o cliente nota se você está desanimado. Tem que ter paixão pelo que faz; porque, na correria, se não tiver domínio próprio, você acaba se estressando. Conhecimento também é muito importante. É um conjunto de coisas que faz com que o trabalho atrás do balcão seja bem sucedido, mas tudo se encaixa na organização”, sentencia Isac.

Ele concorda com a máxima de que o bom profissional nasce com vocação; mas, acima de tudo, prioriza a vontade de vencer e ter “o desejo de ver o cliente sair satisfeito com a peça comprada.”

O primeiro dia na profissão

Isac tem apenas 20 anos de idade, e desde os 14 trabalha no universo das duas rodas. Um amigo de seu tio estava prestes a abrir uma filial de uma empresa (Duas Rodas) e pediu a indicação de alguém confiável. Dois garotos foram à entrevista; Isac era um deles.

“Deu 9h, 10h, 11h, meio-dia, e nada do responsável chegar. Com isso, o outro, que não precisava tanto da oportunidade, decidiu ir embora. Já eu fiquei ali aguardando e vi aqueles rapazes descarregando os escapamentos. Pensei: ‘eu vou entrar no meio’. Da forma que eu estava, comecei a me esforçar para ajudar”, conta.

E isso fez toda a diferença. Às cinco da tarde, o dono do estabelecimento finalmente chegou. Comentou com um de seus funcionários que havia se esquecido da entrevista, perguntando se os interessados tinha deixado recado. Ainda pontuou que já esperava que não desse certo com Isac, por ser novo demais.

Ouvindo isso, um funcionário, chamado Raniel, respondeu: “O maior foi embora às doze horas, mas o menor está ali desde cedo, descarregando escapamento com a gente”.

Surpreso, o contratante decidiu que nem precisava realizar entrevista. Assim teve início a carreira do nosso entrevistado, com conexões importantes desde o princípio. Raniel, por sinal, é o atual gerente da Isac Moto Peças.

Isac e a moto

Essa relação teve origem em outras duas rodas. Como tantas crianças, sonhava em ter uma bicicleta, o que veio a ocorrer aos 11 anos. E a paixão foi crescendo à medida em que assistia a filmes, vídeos, e observava tios e amigos com suas motos.

Isac aprendeu muito, mas não senta em cima do conhecimento. Afirma que continua estudando sempre, pois atualizações são necessárias.

“Todo dia você aprende algo novo, todo dia tem o lançamento de uma moto, ou você descobre uma peça que vai dar certo, fazer a combustão correta. O mais interessante é justamente o trabalho no dia a dia, na real. Você tem como aprender no ato do que você faz”, reflete.

Dia do Motociclista

Para o Dia do Motociclista, a Isac Moto Peças preparou um pequeno evento em frente à loja, com balões e sorteios, junto com uma marca parceira. Sobre a data, o jovem finaliza:

“Desejo um feliz dia para todos os motociclistas. É uma paixão, um amor único quando você está em duas rodas. É uma sensação que não tem igual. Deixo também a mensagem para ter todo o cuidado nas vias. Se beber, não dirija! Que estejamos sempre colocando esse amor à frente.”

Compartilhe

Comentários