Após polêmica com a Volkswagen, Ora Ballet Car passa por modificações e está quase pronto para rodar, inclusive com registro no Brasil.

Em abril deste ano, o Salão de Xangai foi espaço para o anúncio do Ora Ballet Car, da Great Wall Motors, algo que chamou atenção pela semelhança com o tradicional Fusca, da Volkswagen. Inclusive, abordamos aqui no Balconista S/A a novidade à época.

De lá para cá, o veículo passou por algumas atualizações, teve seu registro efetuado no Brasil e, enfim, suas dimensões foram reveladas. Serão 4,401 metros de comprimento por 1,867 de largura e 1,633 de altura. Vale ressaltar também a mudança do nome, que antes era “Punk Cat”.

A divulgação ocorreu em 19 de novembro durante exposição no Salão de Guangzhou, na China.

Novo "Fusca chinês"
Foto: Divulgação/Ora EV

Após o apresentação no Salão de Xangai, o grupo Great Wall – que detém a montadora Ora – desagradou a Volkswagen em função da grande semelhança do modelo com o Fusca.  

Talvez por isso, a fabricante chinesa optou por fazer algumas alterações no protótipo. A primeira versão trazia, por exemplo, faróis arredondados, enquanto o novo visual conta com um conjunto óptico retangular. O Ora Ballet Car também ganhou um spoiler na tampa traseira e teve seu para-choque modificado.

Parte do design, entretanto, segue remetendo ao famoso hatch alemão, como o estilo da coluna C e a moldura das rodas. 

Ora Ballet Car: o "fusca chinês"
Foto: Divulgação/Ora EV

Interior

Na parte interna, o destaque vai para o moderno conjunto de telas. O volante, por sua vez, apresenta um painel de instrumentos digitais, cujo centro exibe uma central multimídia similar a diversos outros lançamentos recentes pelo mundo. E por falar em volante, o mesmo possui um visual de três raios, não tão fino. 

Elétrico, o veículo deve ter autonomia entre 400 e 500 km com uma carga, embora suas especificações técnicas não tenham sido reveladas até o momento. 

Interior do Ora Ballet Car
Foto: Divulgação/Ora EV

Aos brasileiros que se interessaram pelo modelo, saibam que a possibilidade de comercialização por aqui é real, pois o Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) já conta com um registro do novo carro. Isso significa que o veículo figura entre os possíveis lançamentos da montadora no Brasil. O SUV Good Cat e o Wey Macchiato são os outros nomes registrados.

O lançamento oficial do Ora Ballet Cat, bem como sua chegada às concessionárias chinesas, ocorrerá no próximo ano. 

Também para 2022, a Great Wall estuda comercializar automóveis elétricos e híbridos, em conjunto com seus modelos à combustão, conforme revelou o diretor de relações governamentais e externas do grupo, Pedro Bentancourt.

Compartilhe

Comentários