Versatilidade, segurança e conforto são pontos cruciais para as motoristas na hora de escolher seu veículo.

Sabemos que mulheres e homens possuem um sem número de diferenças entre si. Mas como elas se manifestam na hora de escolher um carro? 

Embora longe da forma ideal, a mulher brasileira tem, aos poucos, ocupado importantes espaços na sociedade, inclusive ampliando sua participação no trânsito. Assim, quanto maior o número de mulheres motorizadas, maior a procura por carros que atendam às suas expectativas. 

Mapeamento da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet), com dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), registrou 25,8 milhões de motoristas mulheres até março de 2021, o equivalente a 35% do total de Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH) válidas no País.

Por esse motivo, entender quais tipos de carros estão na preferência das mulheres é importante para fabricantes e lojistas. Mas é preciso cuidado para não cair em clichês machistas. 

Muitos costumam afirmar que, enquanto homens apreciam potência, elas buscam outros pormenores. A realidade, no entanto, é mais complexa. Além da estética, as mulheres estão priorizando segurança, conforto e espaço.

Leia também: O Google das Autopeças.

Versatilidade, segurança e conforto

O principal caminho para as mulheres são carros versáteis, que respondem às suas necessidades. Entre elas, destacam-se o espaço suficiente para acomodar as compras, porta-objetos, porta-malas generoso para viagens ou escapadas de fins de semana, além da cadeirinha para as crianças, no caso das mães. 

As mães, em particular, querem automóveis que sejam seguros para os filhos. A beleza, as cores, o design e o layout interior são outras características importantes colocadas na pauta pelas mulheres que gostam do volante. 

Por fim, algumas ainda preferem que os veículos reflitam a sua forte personalidade, customizando-os com diferentes cores, adesivos, além de mudanças internas, como troca de bancos e/ou pintura. 

Compartilhe

Comentários