Eles chegaram cheios de promessas mas acabaram ficando pela estrada. Conheça a história de dois carros que não deram muito certo:

Ford Pinto

O Ford Pinto entra fácil na lista de carros mais curiosos da história. O modelo se popularizou nos EUA durante os anos 70, com mais de 3 milhões de unidades vendidas. A empresa chegou a cogitar a fabricação no Brasil, mas encontrou dois empecilhos: o primeiro, óbvio, era o nome. O segundo foi a descoberta de uma grave falha de segurança, pois a localização do tanque fazia com que o carro incendiasse em caso de colisões traseiras. O problema não só cancelou a fabricação no Brasil, como resultou no fim do modelo nos EUA.

 

Gurgel BR-800

O BR-800 foi o primeiro veículo 100% produzido no Brasil, ele era estimulado por benefícios em prol da indústria nacional, que reduziam o IPI para 5%, enquanto os concorrentes pagavam de 37% a 42%. Os preços baixos até estimularam as vendas, mas o sucesso não durou muito tempo. As montadoras estrangeiras pressionaram o governo e também conseguiram diminuir os impostos, estabelecendo uma concorrência mais forte. Em 1990, foi lançado o Fiat Uno Mille

retrovisor 3

Compartilhe

Comentários