Clientes que voltam a comprar são importantes para todos os tipos de negócio, mas quem mais tem a ganhar com eles são os pequenos e médios varejistas. Isso porque clientes fiéis custam menos do que clientes novos, principalmente se você levar em consideração todo o custo de propaganda, mídia e outras ferramentas para chamar atenção de quem ainda não te conhece. Além do mais, alguém que confia no seu trabalho tem mais chances de falar de você para outras pessoas e atrair mais gente para o seu negócio – clientes fiéis se tornam verdadeiras propagandas ambulantes.

Mas para isso acontecer é importante entender como manter esses clientes sempre por perto. Conheça algumas estratégias que podem te ajudar nessa missão:

shutterstock_117917713

Simpatia em primeiro lugar

Não importa se é a primeira ou a décima vez que o cliente para no seu balcão, o tratamento deve ser sempre o melhor possível. Clientes gostam de ser bem tratados e, como a prática não é algo tão comum como deveria ser, chama atenção quando acontece. Use isso ao seu favor e faça com que seu tratamento seja lembrado em uma roda de amigos ou jantar em família – é como formar uma equipe de venda sem gastar nada.

Memória de elefante

Um cliente fiel é aquele que você reconhece. Sabe o nome, se mora por perto ou veio de longe, em que faixa de idade está e até mesmo se tem filhos. Aqui também vale garantir programas como o BCM para dar uma força na memória, pois nele você pode ver as informações dos clientes e tudo o que já compraram. Cultivar esse relacionamento da forma mais ética e pessoal possível é a melhor vantagem que você pode ter sobre a concorrência – afinal, quem não adora ser?

De perto mesmo de longe

Não espere o cliente voltar a encostar no seu balcão para mostrar que lembra dele – manter contato com os seus consumidores, mesmo quando eles estão longe, os incentiva a voltar. Procure saber qual o modo preferido de cada cliente para estabelecer esse contato, se é pelo Facebook, e-mail ou telefone. Depois disso, qualquer abordagem que demonstre a importância do cliente é válida, como, por exemplo, telefonar para saber se a última peça que ele comprou resolveu o problema ou até mesmo um e-mail recheado de novidades da loja.

Comentários