Constante preocupação no litoral, a maresia – fenômeno causado pela brisa do mar de água salgada – exige diversos cuidados para os carros. Para evitar reparar os danos da ferrugem em seu veículo serão necessárias algumas precauções simples que ajudarão você a poupar dinheiro, evitando que o problema se inicie.

“O metal não é o único prejudicado pela maresia. As peças do carro feitas de borracha também sofrem com este problema”

A parte mais afetada do carro pelo fenômeno é a inferior. Uma das maneiras de não ter problemas é lavar o carro após duas semanas de entrar em contato com a maresia, o que evitaria o acúmulo de água salgada e areia, fatores que podem “ajudar” na corrosão das peças de seu veículo.

O motor e a bateria também sofrem com a maresia. Após o retorno do litoral, o mais indicado é verificar se esses componentes estão livres do sal, água e areia. Aos habitantes dessas regiões que sofrem constantemente com o fenômeno, o melhor é revisar e limpar mensalmente para que essas peças não sofram com corrosão interna. Para as baterias, o ideal é escovinha e água morna. 

Previous Image
Next Image

 

“Uma das melhores soluções do problema da maresia é utilizar uma capa protetora”

O metal não é o único prejudicado pela maresia. As peças do carro feitas de borracha também sofrem com isso. O sal resseca e ataca partes do componente causando diversos tipos de danos, sendo um dos mais comuns o surgimento de furos na coifa e a redução da vida útil da palheta do limpador de para-brisas.

Uma das melhores soluções do problema da maresia é utilizar uma capa protetora que envolva todo o carro durante sua estadia no litoral. Outra boa dica para evitar danos é estacionar o veículo em um local fechado, principalmente durante a noite, que é a parte do dia na qual o fenômeno se acentua ainda mais.

 

Comentários