Realizar a calibragem dos pneus é algo necessário para garantir a segurança e evitar prejuízos. Uma vez que, quando bem calibrados, o carro economiza mais combustível, freia com mais segurança e evita acidentes. Além disso, quando está mal calibrado o pneu gasta de forma desigual.

A calibragem tem o objetivo de regular a pressão interna dentro pneu. Geralmente, as montadoras recomendam realizar o procedimento a cada 15 dias. Então aqui nós iremos reunir algumas dicas para se atentar na hora realizar a calibragem.

A calibragem ideal

Apesar de alguns modelos de carros serem parecidos e usarem pneus iguais, nem sempre a calibragem é a mesma. As montadoras normalmente indicam a calibragem com base no peso, aerodinâmica e tamanho do chassi do veículo.

Para saber a calibragem ideal, o proprietário pode procurar no selo do carro, que normalmente fica no lado interno da porta, com informações reduzidas. Para informações mais completas, o proprietário pode procurar no manual do carro ou na internet.

Atenção na hora de fazer a calibragem

luz no painel que indica a baixa pressão do pneu

Na hora de calibrar o carro, o condutor deve ter em mente que a temperatura afeta na pressão dos pneus. Caso o carro já tenha rodado e os pneus estejam quentes o condutor deve adicionar entre 1 e 2 libras (psi) a mais, pois o calor aumenta a pressão interna no pneu.

Caso o pneu esteja frio, o carro não tenha circulado muito, pode utilizar a pressão indicada pelo fabricante do veículo.

Em dias de chuva

Estar com o carro bem calibrado em dias de chuva é essencial, pois um pneu com uma baixa pressão pode favorecer a aquaplanagem, que é quando o carro desliza sobre a água e perde o controle.

O estepe

Caso seja necessário realizar a troca do pneu, é essencial que o estepe esteja em boas condições. É indicado que o estepe seja calibrado com frequência, uma vez a cada 15 dias e com uma ou duas libras a mais que o recomendado, pois ele pode perder a pressão com o tempo.

Classificação

mão feminina fazendo a calibragem de um pneu

No Brasil geralmente é utilizado a unidade de medida libra, conhecida como PSI. Mas alguns veículos, principalmente os importados, possuem unidades diferentes de medidas. Para saber a diferença é necessário realizar um pequeno cálculo e entender as outras unidades de medidas.

As unidades de medida são libra ou PSI, mais comum no Brasil, BAR, que é mais utilizado com os carros europeus e o Pascal ou kPa que é unidade me medida mais utilizada no mundo. A comparação entre as unidades de pressão é:

  • 1 BAR equivale a 14,5 PSI;
  • 1 kPa equivale a 0,14 PSI.

Comentários